Método de ensino: Reggio Emilia | Portal Se Joga

Método de ensino: Reggio Emilia

21.Jan.2016

Vida de mãe | Desafios da maternidade

Oiii pessoal!! Já falei aqui sobre o quarto do Pedro que quero que seja estilo montessoriano e seguindo essa linha, tenho visto os métodos de ensino das escolas. Pedro nem nasceu e eu já estou vendo escola pra ele, não significa que já vou colocar na escolinha, mas gosto de ler e me informar sobre as coisas. Seguindo a linha montessoriana, o método Reggio Emilia foi idealizado pelo pedagogo Loris Malaguzzi. Vou colocar aqui como surgiu esse método e no que consiste. Encontrei essas informações no uol.

Os moradores da cidade de Reggio Emilia, no norte da Itália, hoje com 170 mil habitantes, encontraram, após a II Guerra Mundial, uma cidade de escombros e junto dela, a necessidade de reconstruir suas vidas. Um parcela dos cidadãos decidiu então que a melhor forma de reconstruir o tecido social, cultural e político da comunidade seria o caminho de construir uma escola com as próprias mãos.

Da necessidade do cuidado dos pequenos, vislumbrou-se o cuidado da cidade inteira. Os detritos dos tempos idos virou matéria prima para a construção do novo. Com a venda de metais velhos, restos de bombas e construções abandonadas, começou a ser construída a velha creche. Um jovem pedagogo, chamado Loris Malaguzzi, inspirado pelas ideias novas de Jean Piaget, Lev Vygotsky, John Dewey e Maria Montessori, passava de bicicleta pelo local e se encantou com o que viu.

Começou assim o processo de construção da rede de escolas infantis e creches de Reggio Emilia. A abordagem Reggio Emilia, como ficou conhecida, se baseia na perspectiva do papel primordial da comunidade e dos pais na construção da educação. O método se baseia no acolhimento das diferenças de cultura, religião, de pertencimento, da noção de que o ser humano é diferença, diferença que porta um valor em si e um contexto educativo que pode acolher todos. Valoriza a representação simbólica – artes, pintura, música – como ferramentas primordiais no aprendizado. A estrutura física da escola também é pensada na busca de um ambiente educativo e lúdico, fazendo com que o espaço seja considerado “um terceiro professor” Prioriza-se a “experiência real” antes do estabelecido. As crianças devem poder tocar, sentir, fazer, se relacionar e explorar o que está a sua volta, para conhecerem a si mesmas e ao mundo no qual estão inseridas.
A matéria completa vocês encontram aqui. Quero uma escola que meu filho possa brincar e se divertir quando pequeno! Espero que seja uma escola que desperte a curiosidade dele e que ele aprenda através das experiências. Um lugar que ensine a respeitar as diferenças e que leve cultura para meu filho. Quando ele estiver na fase de se matar de estudar, aí sim quero que ele foque nos estudos, mas uma coisa que nunca vou exigir que ele seja o melhor da classe, não foi assim comigo e com ele também não vai ser, afinal, não dá para ser bom em tudo que a gente faz. Encerro esse post com o poema escrito pelo pedagogo Malaguzzi:

A criança é feita de cem

A criança é feita de cem.

A criança tem cem mãos, cem pensamentos, cem modos de pensar,

de jogar e de falar.

Cem, sempre cem modos de escutar as maravilhas de amar.

Cem alegrias para cantar e compreender.

Cem mundos para descobrir. Cem mundos para inventar.

Cem mundos para sonhar.

A criança tem cem linguagens (e depois, cem, cem, cem),

mas roubaram-lhe noventa e nove.

A escola e a cultura separam-lhe a cabeça do corpo.

Dizem-lhe: de pensar sem as mãos, de fazer sem a cabeça, de escutar e de não falar,

De compreender sem alegrias, de amar e maravilhar-se só na Páscoa e no Natal.

Dizem-lhe: de descobrir o mundo que já existe e de cem,

roubaram-lhe noventa e nove.

Dizem-lhe: que o jogo e o trabalho, a realidade e a fantasia, a ciência e a imaginação,

O céu e a terra, a razão e o sonho, são coisas que não estão juntas.

Dizem-lhe: que as cem não existem. A criança diz: ao contrário,

as cem existem.

 Beijos Paula  

Paula Stecca Stefan Segamarchi

Mãe do Pedro, casada com Mauro. Escrevo aqui e adoro, pois posso compartilhar um pouco da minha vida de casada, maternidade e filhos! Adoro cozinhar e passar as receitas pra vocês. Amo cachorros! Gosto de viver a vida intensamente e curtir a minha família e os amigos.
Email: paula@portalsejoga.com.br

Você também pode gostar!

Envie um Comentário!

Dalmo
2016-01-25 10:58:16

Boa paula! Tem um libro muito legal que chama a Cem linguagens da criança! Todo professor e todos pais deveriam ler. :)

CADASTRE-SE E RECEBA TODAS AS NOVIDADES SOBRE PARCEIROS, PRODUTOS E PROMOÇÕES EXCLUSIVAS: